sobre.

Escritor e tradutor, Caio Yurgel vive e trabalha entre Berlim e Beijing. É autor de As noites de Hong Kong são feitas de neon (Gato Bravo, 2019), obra finalista do Prémio Autor 2018.

Seu romance de estreia, Samba sem mim (Saraiva/Benvirá, 2014), foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura de 2015. Durante o processo de escrita, partes do romance, retrabalhados na forma de contos, receberam os prêmios Off-FLIP de Literatura (2010) e IV Prêmio Nacional Ideal Clube de Literatura (2012). Já teve contos publicados em português, inglês e chinês.

Tem dois livros de ensaios publicados: A estética do espetáculo: Cinco teses em Walter Benjamin (NEA, 2013), premiado no III Concurso Mário Pedrosa de Ensaios Sobre Arte e Culturas Contemporâneas (2010), e Landscape’s Revenge: The Ecology of Failure in Robert Walser and Bernardo Carvalho (DeGruyter, 2018).

traduções.

Caio Yurgel também trabalha com versão e tradução de textos literários e de não-ficção do alemão, chinês, espanhol, francês e inglês. Traduziu para o português autores como Robert Walser, Edgar Morin e Yu Xuanji, além de já ter contribuído com traduções e versões para catálogos de arte de importantes museus brasileiros e internacionais.

contato.